Arquivo da tag: empreendedor

Dicas para abrir um salão de beleza

Abrir um salão de beleza é uma ótima ideia, tendo em vista que o Brasil é o segundo país em consumo de serviços e produtos de beleza. Realmente, as brasileiras não economizam na hora de investir na beleza. Os proprietários de salões que administram bem o seu negócio, tendo um bom conhecimento de gestão em salão de beleza saem na frente dos outros.

É fundamental para o sucesso nesse empreendimento que você estude o mercado e saiba o perfil do seu público antes de instalar o seu salão. Você pode ter muita experiência nesse setor, mas é sempre bom aprender cada vez mais. Procure um curso de especialização e aprimore suas técnicas. Atualmente, há cursos on line que facilitam o aprendizado sem sair de casa. Fique atento a algumas dicas para ter sucesso em seu negócio.

1 – Comece planejando o espaço físico de forma que fique organizado. O ideal é ter uma recepção para atender as clientes, agendar horários e organizar os pagamentos.

2 – Investir em uniformes para os funcionários também é uma boa dica. Passar uma imagem de credibilidade do salão é importante.

3 – Não deixe de reservar uma sala de espera, de preferência com alguns mimos para as clientes, como: água, café e revistas. Instale uma TV se puder, isso vai tornar a espera ainda mais agradável, do contrário um som ambiente também é válido.

 

4 – Para uma boa gestão em salão de beleza não deixe de conhecer as principais características do mercado da beleza e saber o preço que os concorrentes estão cobrando. É essencial calcular a quantidade necessária de serviços de manicure e cabelo que você precisará para ter lucro. Recorrer a um consultor empresarial pode ajudar nesse aspecto.

5 – Aprenda a evitar o desperdício de produtos. Saber controlar o estoque ajuda a gastar menos. Os shampoos e condicionadores devem ser usados na quantidade adequada para cada tipo de cabelo.

6 – Escolha aparelhos com baixo consumo de energia. Também controle o uso da água. Isso vai reduzir o valor das contas no final do mês, colaborando no balanço do custo de manutenção do salão.

7 – Invista na decoração do salão de beleza para tornar o ambiente agradável. Tenha preferência por cores suaves que transmitam a sensação de limpeza e claridade. Os móveis devem estar em bom estado para causar uma boa impressão. O mobiliário deve garantir o bem estar no local de trabalho, faça uso de cadeiras ergonômicas.

 

8 – As manicures e esteticistas devem usar luvas e atender as regras básicas de higiene na prestação dos serviços. Os utensílios manuseados devem ser esterilizados em aparelho específico. Defina também se essas profissionais serão contratadas, sócias ou comissionadas.

9 – Ofereça produtos de qualidade que estejam na moda. Acompanhe os lançamentos e tendências em maquiagem, penteados e cortes, além de outros procedimentos de tratamentos para o cabelo.

10 – A iluminação do salão também é fundamental. Isso ajuda no trabalho dos maquiadores, manicures e cabeleireiros.

Saiba administrar um salão de beleza e estética

Você está preparado para gerenciar um salão de beleza? Ter conhecimento de tudo que acontece dentro e fora do salão é um fator fundamental para o bom andamento do seu negócio. É preciso estar em contato contínuo com o seu público de interesse para alcançar o sucesso. Vamos destacar cinco áreas que não se pode descuidar na gestão de um salão de beleza e estética.

Divulgação

Esse ponto é um dos mais importantes. Sem a divulgação do seu negócio não haverá como atrair clientes, a não ser aqueles que já conhecem o seu trabalho. Para isso, é necessário utilizar estratégias de publicidade para alcançar bons resultados. Geralmente, esse serviço é terceirizado, feito por profissionais especializados em marketing. Hoje, ter um site na internet e uma página nas redes sociais é um bom começo para levar sua propaganda ao maior número de pessoas possíveis. Defina o quanto investir na divulgação para não extrapolar o orçamento.

Atendimento e gestão de clientes

Primeiro, evite cometer erros no agendamento dos atendimentos. Controle a agenda de forma que possa reservar horários conforme a disponibilidade das clientes. Tenha várias opções de contato para a comunicação com o salão. Caso a demanda seja grande, adquira mais de uma linha telefônica. Faça marcações por e-mail e até mesmo por mensagens pelo celular. Existem alguns softwares de agendamento on line que podem facilitar a dinâmica das marcações. Outra boa dica é criar um banco de dados com informações relevantes sobre as clientes, como a data de aniversário, por exemplo.

 

 

Gestão de funcionários

Dentro de um salão de beleza grandes amizades são formadas. Cabeleireiros, maquiadores e manicures criam alianças. Esse é um espaço peculiar de troca de informações. Faça um treinamento apropriado com os funcionários explicando a importância de realizar tudo conforme foi solicitado. Marcar reuniões semanais ajuda também a manter o controle de tudo que está sendo feito. Invista nos melhores profissionais para o bom andamento do seu salão.

Serviço de qualidade

Prestar um serviço de qualidade garante a volta do cliente. Principalmente as mulheres se sentem realizadas com um bom tratamento estético, um belo corte de cabelo ou uma tintura. Certifique-se que todo material necessário para realizar os procedimentos no salão estejam à disposição dos colaboradores para que possam atender de forma satisfatória a clientela. Não deixar faltar produtos é importante e evita transtornos de última hora com o salão lotado.

Controle financeiro

A fórmula é fácil para saber se está tendo lucro. Você precisa ganhar mais do que gasta. Faça um controle detalhado sobre seus gastos e sua receita, assim você saberá onde cortar custo. Mantenha contato com os fornecedores, renove o estoque e controle sua margem de lucro nos serviços prestados. É importante também não misturar suas finanças pessoais com as do salão. Então, a melhor forma de administrar seu negócio é com planejamento e organização. Caso veja necessidade, procure uma consultoria empresarial para melhorar a gestão do seu salão de beleza.

 

Gostou desse artigo? Cadastre-se para receber mais informações como essa:

Não se preocupe, seus dados estão protegidos.

Saiba porque errar o público-alvo do seu negócio pode fazer com que você feche as portas

Trabalhar sem ter um chefe cobrando o tempo todo é o sonho de muitas pessoas. Movidas por esse desejo, algumas resolvem arriscar e investem tudo que têm parar abrirem o próprio negócio. Até aí, tudo bem. Porém, o problema é que alguns empreendedores se jogam no mercado sem um planejamento adequado e cometem um erro muito comum: erram o público-alvo.

 

Traçar o perfil do público-alvo de um negócio é essencial para não investir seus esforços e seu capital em algo que não dará certo. Definir o público-alvo corretamente é tão importante que, antes de abrir um negócio, sua primeira pergunta deve ser: quem é meu potencial consumidor?

 

Imagine abrir um salão de beleza voltado para a classe A, na periferia da sua cidade, por exemplo. Não faz o menor sentido! Você poderá contar com os melhores profissionais, usar os melhores produtos, ter um design de loja para ninguém colocar defeito, mas não terá o principal: clientes. Pois seu público-alvo não está localizado ali perto e nem se deslocaria tanto atrás do seu serviço. Assim, estaria perdendo tempo e dinheiro, oferecendo algo a muitas pessoas que não se interessam pelo seu serviço, quando seu público alvo de verdade nem estaria sendo impactado pelas suas ações.

 

 

Em suma, errar na hora de definir o público-alvo pode gerar falhas em todo o planejamento de marketing. Veja a seguir os principais motivos pelos quais errar o público-alvo pode fazer com que você feche as portas:

 

  • Sua mensagem não chega ao perfil de consumidor que poderia se interessar pelo seu produto ou serviço;
  • O público que recebe sua mensagem não é impactado por ela;

Por isso, se pretende abrir um negócio, planeje, pesquise, busque auxílio de profissionais capacitados, defina quem é seu público e boa sorte!

The Make Up Truck: conheça e se inspire na história da marca que leva beleza até você!

Quando você pensa que já fez de tudo pelo seu negócio, vem um empreendedor e te mostra que é possível fazer mais. Por isso, hoje vamos falar de inovação! Vamos falar da marca The Makeup Truck.

12348012_525525380942461_4331342416463828004_n

A empresa foi fundada em 2015, em Florianópolis, por Francisco Cerqueira, que quis trazer ao mercado um novo conceito de loja para produtos de beleza. Assim, resolveu entrar na onda dos trucks, mas não para vender comida, como todos os outros já faziam, e sim, para vender artigos de beleza, em especial, maquiagens de marcas conhecidas nacional e internacionalmente, de forma itinerante.

12642466_543557535805912_6712020696198589743_n

Hoje a loja roda pelo estado de Santa Catarina, mas o criador da marca já pensa em consolidá-la em todo o mercado nacional e posteriormente expandir sua atuação para o mercado internacional, tanto com unidades próprias, quanto com venda de franquias.

Dá só uma olhada no Instagram da marca.

12795271_557094861118846_4611006878378892176_n

E aí? Gostou da história do Francisco Cerqueira e da The Makeup Truck? Então, que tal se inspirar nela e repensar o seu negócio?

[Motivação] A história do Beleza Natural

beleza-natural01Uma ex-empregada doméstica, um ex-taxista e dois ex-atendentes do McDonald’s. Todos os dias, os quatro entravam em ônibus urbanos para colar, no vidro atrás do motorista, um papel xerocado. “Se seus cabelos são um problema, nós somos a solução”, dizia o anúncio. À noite, o papel era arrancado pelos supervisores. De manhã, lá estavam eles de novo, fazendo sua divulgação.

Essa história começou há 21 anos, quando Zica Assis começou a misturar produtos e matérias-primas em busca da fórmula que traria balanço a seus cachos super rebeldes. Foram incontáveis testes, que chegaram a deixar familiares carecas, até encontrá-la. Nascia o Beleza Natural, primeiro instituto especializado em cabelos crespos e ondulados do Brasil. Na época, ele era uma salinha de 30m² que recebia imensas filas na porta, tocada por quatro sócios – aqueles do início. As chances de dar errado eram grandes, mas nas palavras da presidente e co-fundadora, Leila Velez, “a gente acreditava muito em um sonho e era tudo que a gente tinha”.

beleza-natural03Hoje, o Beleza Natural emprega 3 mil colaboradores e atende mais de 100 mil clientes por mês. Mais do que tratar os fios, ele trata a auto-estima das pessoas, por um valor acessível e em um ambiente agradável. Afinal, lá dentro, todo mundo merece tratamento de rainha.

 

 

Fonte: Endeavor